Catch Me - 30º capítulo, parte 3 - Right Here; The end!

Baby, estou aqui, estou aqui para ficar, mão vou a lugar nenhum. Sei que está com medo porque foi machucada, baby, está tudo bem. Perdido em seus olhos toda vez que você olha para mim. Prometo ser tudo o que você precisa, não deixarei você, baby. Não, porque só quero amar você, nunca colocaria ninguém acima de você. Só quero beijar você, baby, só quero abraçar você até o fim, baby, até o fim - Right Here (Justin Bieber)

  
Katherine sorriu ao ver a rosa azul sobre a mesa da cozinha. Quão idiota era aquele garoto? Ele poderia vir até ela e a dar aquela rosa, mas ele preferia a deixar ali, junto de um bilhete, porque ele mesmo considerava aquilo mais romântico.
Katherine pegou a rosa em mãos, e a levou até o nariz, aspirando o incrível perfume que saia dali. Logo depois pegou o cartão, e sorriu ao ver o que dizia nele:
"Estou na pracinha, em frente ao prédio. Espero te ver aqui. Beijos, Justin"
Bom, ela iria.
Comeu uma coisa qualquer, e vestiu algo apresentável, já que ainda estava com seu pijama.
Em meia-hora, já estava em frente ao prédio, sorrindo para Justin que se encontrava no outro lado da rua. 
Kath: Hey, you - disse, depois de atravessar a rua e parar em frente ao garoto. 
Justin: Hey - sorriu. - Vamos, quero te levar num lugar - e pegou na mão dela, a puxando até o carro.

[...]

Justin: O que quer que eu cante? - perguntou, sorrindo para a menina.
Os dois estavam no campo, o mesmo que haviam ido no ultimo inverno que Katherine havia passado em Stratford. O campo parecia diferente porque estavam no verão, e a neve havia evaporado, mas ainda trazia lembranças incríveis para o casal. 
Justin havia preparado um tipo de piquenique. Havia levado comida e também um violão, porque sabia que aquelas eram as coisas preferidas de Katherine: comida e música.
Kath: Cante algo que eu odeio - disse, deixando que uma careta se formasse no seu rosto.
Justin: Eu sei de uma música que odeia... quando a cantam pra você - levantou as sobrancelhas levemente.
Kath: Cante, então - cerrou os olhos.
Justin: We got the afternoon... - começou a cantar.
A menina logo que reconheceu a canção arregalou os olhos.

We got the afternoon
Nós temos a tarde toda
You got this room for two
Você reservou esse quarto pra nós dois
One thing I've left to do
Só tenho uma coisa para fazer
Discover me
Me descobrir
Discovering you
Descobrindo você

Kath: Para, Justin! - falou, mas ele apenas continuou cantando, e rindo da reação da garota. Ela estava completamente vermelha.

One mile to every inch of
Uma milha para cada polegada
Your skin like porcelain
 Da sua pele, que parece porcelana
One pair of candy lips and
Um par de lábios doces e...
Your bubblegum tongue
Sua língua de chiclete

Kath: Justin, é sério. Para - tentou mais uma vez, enquanto ficava da cor de um tomate.

And if you want love
E se você quer amor
We'll make it
Faremos isso
Swim in a deep sea
Nadando num mar profundo
Of blankets
De cobertores
Take all your big plans
Pegue todos os seus planos
And break 'em
E desfaça-os
This is bound to be awhile
Isso vai demorar um tempo

Your body is a wonderland
Seu corpo é um paraíso
Your body is a wonder (I'll use my hands)
Seu corpo é um paraíso (usarei minhas mãos)
Your body is a wonderland

Kath: Para de cantar, para de rir! 

Damn baby
Droga, baby
You frustrate me
Você me frusta
I know you're mine all mine all mine
Eu sei que você é toda minha, toda minha
But you look so good it hurts sometimes
Mas você é tão linda que doí ás vezes.

Justin: Você quem pediu pra que eu cantasse - disse ainda rindo por ver sua garota morrendo de vergonha ali.
Kath: Eu devia te bater - disse com a voz abafada, por estar cobrindo o rosto com as mãos.
Justin: Para com isso - sorriu, deixando o violão de lado e aproximando-se dela. Colocou um dos braços ao redor de seus ombros e tentou afastar as mãos de seu rosto.
A menina apenas o olhou com uma expressão séria.
Kath: Você é mau.
Justin riu.
Justin: Sua vez de cantar - abriu um sorriso, pegando o violão de novo e o entregando para a menina.
Katherine fez uma careta, mas pegou o objeto.
Kath: Tudo bem... - sussurrou, depois de colocar o violão sobre seu colo, e posicionar os dedos nas cordas. - O que devo cantar?
Justin: Algo que eu nunca tenha escutado antes - falou, olhando para o rosto da menina, que parecia concentrado nas cordas do violão.
Kath: Bom, pode ser algo que compus ontem á noite? - virou o rosto para Justin. - Preciso de uma opinião.
Justin: Tudo bem.
Katherine começou a dedilhar as notas da música, procurando coragem dentro de si para começar a canta-la.

I hate you, don't leave me
Eu te odeio, não me deixe
I feel like, I can't breathe
Eu sinto como se eu não pudesse respirar
Just hold me, don't touch me
Apenas me abrace, não me toque

And I want you to love me
E eu quero você me ame
But I need you to trust me
Mas eu preciso que confie em mim
Stay with me, set me free
Fique comigo, me liberte

Claramente, aquela música falava da confusão presente em sua cabeça, pelo o reencontro com Justin, e todos os sentimentos antigos voltando de uma vez só. Tudo aquilo era confuso demais para ela. Não ter certeza do que queria ou do que faria era horrível. Ela precisava de algo onde segurar-se, algum lugar onde pudesse expressar-se. Então decidiu criar uma música que a ajudou em parte a entender a si mesma e a tudo o que estava acontecendo.

But I can't back down. No, I can't deny
Mas, eu não posso voltar atrás. Não, eu não posso negar
That I'm staying now cause I can't decide
Que eu estou ficando agora porque não posso decidir
Confused and scared
Confusa e assustada
I'm terrified of you
Estou com medo de você

Enquanto cantava, dividia o olhar entre o violão e o campo ao seu redor. Sentia o olhar de Justin sobre si mesma, observando-a com carinho, mas não podia olhar para ele cantando aquela música. Se fizesse isso, desabaria.

I admit, I'm in, and out of my head
Eu admito, eu estou dentro e fora do meu controle
Don't listen to a single word I said
Não dê ouvidos a uma única palavra do que eu disse
Just hear me out, before you run away
Apenas me escute, antes de fugir
Cause I can't take this pain
Porque eu não posso aguentar essa dor

Quando parou de cantar, suspirou e voltou seu olhar para Justin, sorrindo.
Kath: Então, o que achou?
Justin: É ótima! - disse, enquanto abria um grande sorriso. - Meio bipolar, mas ótima. 
Katherine riu.
Kath: Tem razão.
Justin continuou sorrindo e então moveu o corpo para trás, encostando-se na árvore que havia ali atrás dele. 
Justin: Olha, dá pra ver o por do sol daqui - disse, apontando o céu ao longe.
Kath: É lindo - disse, ao encontrar a paisagem com os olhos.
Katherine descansou a cabeça no ombro de Justin, e abraçou a cintura dele, aconchegando-se. Ele, por sua vez, passou os braços pelo corpo da menina, abraçando-a e sorriu, por estar tão perto dela.
Então, Justin passou a pensar no que poderia acontecer dali para frente. Se ele conseguiria ter Katherine de volta. Se tudo voltasse a estar bem. Pensava em como seria estar de novo com ela agora que ela era uma super estrela. Mal teriam tempo pra se ver. Mas ele logo afastou esses pensamentos. No momento, ele só deveria pensar em mais modos de poder ter Katherine de volta para si.
Mas isso o fazia pensar também. Pensava se no final da semana Katherine aceitaria estar com ele de novo, ou se aconteceria algo que apenas aumentasse sua depressão. Também pensava se a garota ainda sentia algo por ele. Ele achava que sim, do contrário, ela não haveria o dado outra chance, mas não queria dar esperanças para si mesmo.
Ele se sentia submerso com tantas possibilidades. Tantas eram as coisas que poderiam acontecer, e ele apenas esperava que elas pudessem o fazer feliz de novo, que elas o trouxessem sua baixinha de novo. Mas, tinha uma parte dele que pensava tão negativo, tão negativo, que achava que tudo aquilo era uma perda de tempo. Mas Justin havia se transformado nisso quando Katherine foi embora. Ele costumava achar que nada daria certo já que nada o faria feliz, de qualquer jeito. 
Mas com ela perto essa parte se fechava quase totalmente. Ela trazia o velho Justin de volta, o carinha que era seu melhor amigo desde quando usavam fraldas, o cara que cantava junto dela o tempo inteiro quando eles tinham dezesseis anos, o cara que ela amava. 
E Justin faria de tudo para ser aquele cara de novo.
Justin: Kath? - chamou-a.
Kath: Diga.
Justin: Realmente muda tudo? Para sempre? - perguntou, enquanto conseguiria.
Ele havia passado esses dois anos inteiros pensando nesta maldita frase: "Isso muda tudo. Para sempre". E ele pensava em desistir por cause dessa frase. Aquelas palavras saíram direitamente da boca de Katherine e ela parecia decidida quando as falou.
Katherine ficou surpresa quando escutou a pergunta de Justin. Também pensava sobre o quanto havia sido injusta usando aquelas palavras.
Kath: Não - fechou os olhos por um segundo, como se quisesse dizer aquilo para si mesma. - Não - olhou para Justin -, não muda nada. Eu me precipitei.
Justin, que mantinha os olhos presos nos olhos desesperados de Katherine, umedeceu os lábios e voltou o olhar para o por do sol, que estava quase indo embora.
Mas Katherine tomou uma atitude quanto aquilo. 
Levantou a cabeça e com uma das mãos, tocou o rosto de Justin, fazendo com que ele olhasse para ela, e logo juntou os lábios dele aos seus.
E de repente, era como se não houvesse mais ninguém no mundo além daqueles dois.
Todas as emoções e sentimentos antigos pareceram voltar a florescer dentro deles. Pareciam estar ainda maiores, imbatíveis. Um choque nasceu entre eles naquele momento e tudo pareceu mágico. Mas com eles, tudo já era mágico de alguma forma.
Quanto haviam sonhado com esse momento? Quanto haviam esperado até estarem tão perto um do outro? 
Muito.
Muito mesmo.
Justin: Eu senti falta de seus lábios - disse quando separou os lábios dos de Katherine, acariciando a bochecha dela.
Kath: Você pode aprecia-los agora - sussurrou, esperando sentir os lábios de Justin juntos dos seus mais uma vez.

[...]

Katherine e Justin haviam passado a noite inteira matando as saudades um do outro. Tanto que, já eram por volta das uma da manhã quando acharam que deviam ir para casa. 
Os dois podiam jurar estar vivendo um sonho, pois nenhum dos dois acharam que seria fácil assim. Katherine sempre pensou que, mesmo achando que estava pronta para perdoar Justin, não conseguiria de fato o perdoar quando o visse de novo. 
Ela achava que tudo voltaria em sua cabeça, todos aqueles pensamentos horríveis que ela tinha quando tudo aconteceu. Achava que talvez não esbanjaria sequer um sorriso verdadeiro durante toda a semana.
Mas ela estava errada.
Felizmente.
E Justin? Bom, Justin achava que não tinha chance nenhuma depois de toda a bagunça que ele fez. Depois de tudo o que ela havia dito, ele nem podia imaginar que estaria perto dela outra vez.
Justin deixaria Katherine no apartamento de Jade, mas antes queria passar em sua casa. Quando ele deixou Katherine sozinha na sala, para guardar algumas coisas, ela percebeu um papel com algumas cifras na mesa. Ele estava meio que enterrado no meio outros papeis, mas ela o percebeu ali.
Pegou o papel e iria com começar a lê-lo quando escutou os passos de Justin voltando para o cômodo onde ela estava.
Sem pensar duas vezes, ela enfiou aquele papel dentro de sua bolsa. Ela teria que ler aquilo.
Justin a chamou para que pudesse leva-la ao apartamento, e ela foi, nervosa por achar que, de algum jeito, estava agindo incorretamente ao pegar a folha de papel.

 

Aí cara, que dor no coração! Não quero que Catch Me acabe! :(
Mas, tá tudo bem!
Então, desculpem demorar pra postar! tipo, eu queria postar um dia sim e um dia não essas quatro partes mas eu tô em provas então não dá! Mas quarta-feira acabam minhas provas, então, quarta-feira eu posto o grand finale de CM!
Então, é isso, amres! até mais!
- Kath


6 comentários :

  1. Coontinua logo prin' Vai acabaar :( Beijoo'

    ResponderExcluir
  2. OMFG! Continua.....
    :'( eu ñ queri q acabee :'( mas tudo bem!
    Continua rapido !

    ResponderExcluir
  3. Ansiosa...
    Perfeito!!!

    ResponderExcluir
  4. Ei amor tudo bem? Espero que sim u-u rs, então você faz layout para Imagine Belieber? Se sim, poderia fazer um para o meu? Entre em contato comigo por favor anjo? Twitter: @smile0fbiebs Ask.fm: smile0fbiebs , Obrigada. Aguardo sua resposta ansiosamente *-* <3

    ResponderExcluir